Mulher diz ter tirado a virgindade de Justin Bieber – e ser mãe de seu filho!

Publicado em: 02 nov 2011 por Leonardo Torres

Uma mulher chamada Maria Yeater, de 20 anos, entrou na Justiça – e virou capa da revista Star – para que Justin Bieber (“Never Say Never”) assuma a paternidade de seu filho de três meses. A assessoria do cantor diz que “é triste que alguém fabrique afirmações tão maliciosas, difamatórias e falsas”.

Mas Yeater conta sua história com riqueza de detalhes. Segundo a mãe de primeira viagem, ela conheceu Bieber por intermédio de um segurança, nos bastidores de um show em Los Angeles, no dia 25 de outubro de 2010. “Depois de esperar um pouco com outras meninas, ele apareceu e começou a conversar comigo. Era óbvio que estávamos atraídos um pelo outro e começamos a nos beijar. Ele sugeriu que fôssemos a um lugar com mais privacidade. Eu concordei. Ele me disse que queria fazer amor comigo e que esta seria sua primeira vez”, afirmou.

Ela diz ainda que os dois fizeram sexo no banheiro e que a transa não durou nem 30 segundos. “Ele começou a me agarrar e disse que queria fazer sexo comigo. Eu pedi para ele usar camisinha, mas ele disse que não queria porque era sua primeira vez e ele queria sentir tudo. Foi tudo muito rápido”, disse Yeater, que tentou entrar em contato com a equipe de Bieber quando descobriu a gravidez, mas não conseguiu.

A americana garante que não tem dúvidas quanto a paternidade de seu filho. “Dei à luz um menino no dia 6 de julho de 2011. Exatamente 36 semanas e dois dias depois que fizemos sexo. Baseada no tempo e no fato de que não existe outro homem com quem fiz sexo que possa ser o pai desta criança, eu acredito que Justin é o pai do meu bebê”, falou.