Detona Ralph celebra fliperamas em premissa original e divertida

7716805 1355415952677 600x360 Detona Ralph celebra fliperamas em premissa original e divertida

Com “Detona Ralph”, a Disney se debruça sobre o universo dos antigos fliperamas, assunto esse que tem tudo para agradar à geração que gastava mesadas quase inteiras em fichinhas de jogos como Pac-Man e Donkey Kong. O que não quer dizer que as crianças de 2012 fiquem de fora da festa (até porque a Disney não seria burra de fazer isso), pois o filme faz uma divertida mistura de jogos antigos com modernos (focando mais nos de fliperama, jogos de console ficaram praticamente de fora), com personagens díspares convivendo entre si.

Com direção de Rich Moore (que dirigiu diversos episódios das séries de animação “Os Simpsons” e “Futurama”), o filme lida com personagens de um jogo muito simples em que Ralph (John C. Reilly na dublagem original, Tiago Abravanel na versão brasileira) quer destruir um prédio, e tem seus planos sempre frustrados por Conserta Felix Jr. (Fix-it Felix Jr. no original, com voz de Rafael Cortez na dublagem) e seu martelinho mágico, que restaura toda a destruição de Ralph. Mas Ralph, com o tempo, se cansa de ser sempre o vilão e de não ser respeitado, e parte em busca de uma mísera medalha que seja (já que Felix ganha uma toda hora, em seu jogo), nem que para isso tenha que invadir o mundo de outros jogos.

Disneys Wreck It Ralph1 600x338 Detona Ralph celebra fliperamas em premissa original e divertida

A premissa básica é muito interessante, e rende boas piadas, principalmente na relação entre os personagens famosos de jogos, que mostram suas facetas quando os jogos acabam. O filme lembra bastante a trilogia de “Toy Story” neste sentido, pois é quando os personagens não estão sendo observados por humanos que eles podem revelar seus reais anseios e angústias (em algumas cenas muito divertidas, por sinal).

Outra referência que logo salta aos olhos é “Uma Cilada para Roger Rabbit” (1988), que contava com “figurações” de vários personagens de animação famosos, circulando em volta dos que foram criados apenas para o filme. Em “Detona Ralph”, vemos presenças rápidas de Q-bert, do fantasma de Pac-Man, de Ryu e Zangief (“Street Fighter”), Bowser, Sonic e Dr. Eggman, dentre muitos outros, contracenando com Ralph e Felix.

wreck it ralph image05 Detona Ralph celebra fliperamas em premissa original e divertida

“Detona Ralph” é hilariante e mágico quando lida com estas questões referenciais, até por mostrar a diferença de jogos antigos e modernos, a ponto de Felix ficar impressionado com a alta definição de uma personagem de novo game de guerra (no original com voz de Jane Lynch, a vilã da série “Glee”).

O filme só parte para um certo conservadorismo quando Ralph entra em um jogo que se assemelha muito aos de “Mario Kart” e “Sonic All-Star Racing” (assim como a premissa do jogo de Felix lembra muito “Donkey Kong”), onde conhece Vanellope (voz de Sarah Silverman no original, MariMoon na dublagem), que tem “defeitos” que se assemelham aos tilts tão detestados pelos jogadores. Apesar da relação entre eles ser interessante, e do filme lidar, mesmo que tangencialmente, com temas como rejeição, velhice o obsolescência, o fato é que neste ponto a trama entra em uma certa fórmula, já muito seguida em outros filmes, que tira parte do fascínio criado pela ideia original. Com todos os seus méritos (e são muitos), a animação deixa a sensação de que poderia ter ido um pouco mais longe, ter brincado mais com o universo dos games, ter confiado mais no seu taco e criar uma trama mais original em sua segunda metade.

ralph Detona Ralph celebra fliperamas em premissa original e divertida

De qualquer forma, como está, é um filme especial para os saudosos amantes de fliperamas, assim como para a geração que se debruça sobre iPads, celulares e Playstations mundo afora. Os jogos mudaram muito dos anos 1980 para cá (quem jogou “Pong” sabe disso muito bem…), mas o fascínio que eles provocam em quem os joga continua o mesmo. Para desespero de muitos pais que torcem o nariz para eles, mas que podem, porém, recordar da própria infância ao lado dos filhos enquanto assistem a “Detona Ralph”.

A Disney nunca jogou para perder, e não é à toa que continua fazendo sucesso mesmo após 90 anos. Seu game nunca fica over. É só comprar mais uma ficha, ou um ingresso de Cinema, que ela continua entretendo a todos os públicos, com a competência habitual.

0 Detona Ralph celebra fliperamas em premissa original e divertida
detona Detona Ralph celebra fliperamas em premissa original e divertida
.

Detona Ralph

(Wreck-It Ralph, EUA, 2012)

Lançamento em DVD e Blu-ray

 star Detona Ralph celebra fliperamas em premissa original e divertidastar Detona Ralph celebra fliperamas em premissa original e divertidastar Detona Ralph celebra fliperamas em premissa original e divertidastar Detona Ralph celebra fliperamas em premissa original e divertidablank star Detona Ralph celebra fliperamas em premissa original e divertida 

.

+ Marcelo Rennó

Cinéfilo desde sempre, formado em Cinema, diretor de curta-metragens e autor do blog Cinema desde Sempre, Marcelo Rennó respira, lê, assiste e acompanha tudo sobre o Cinema em todas as suas vertentes, gêneros e nacionalidades, sem o menor preconceito. De blockbusters a filmes de arte, de filmes mudos aos recém-lançados nos cinemas, dos mais premiados aos mais esquecidos, nada é deixado em segundo plano.

1 Comentário

  • Nome Identicon Icon Nome
    8 de janeiro de 2013 | Permalink |

    muito loko detona ralph